6 de julho de 2017

Cerimônia de Outorga do Colar "Carlos de Souza Nazareth” foi realizada no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo

A Cerimônia de outorga do Colar “Carlos de Souza Nazareth” foi realizada no dia 3 de julho de 2017, em homenagem ao 85º aniversário do Movimento Constitucionalista de 1932.

Esta honraria foi criada em 2003 por iniciativa do Conselho Cívico e Cultural para homenagear pessoas e instituições que, pelos seus relevantes serviços prestados à sociedade, tornaram-se digna de público reconhecimento. Na cerimônia deste ano, realizada no Salão Nobre da Câmara Municipal, foram agraciados o Prefeito da Cidade de São Paulo, João Doria, no ato representado pelo Secretário Especial de Relações Governamentais, Milton Flavio, a Deputada Federal Mara Gabrilli, a Profa. Dra. Maria Cecília Naclerio Homem, o Dr. José Luiz Egydio Setúbal e a Fundação Nossa Senhora Auxiliadora do Ipiranga – FUNSAI, no ato representada por sua Presidente Sra. Maria Gabriela Franceschini Vaz de Almeida. A oradora do evento foi a Profa. Edimara de Lima, do Conselho Cívico e Cultural, que proferiu inspirado discurso:

“A Associação Comercial de São Paulo, a cada ano no mês de julho traz as memórias do Movimento Constitucionalista de 32 à lembrança dos paulistas, pois sob a presidência de Carlos de Souza Nazareth, cumpriu com hombridade o seu papel de mentora do empresariado bandeirante. Nos tempos que correm, necessitamos dos heróis do passado e do presente para que o futuro seja mais auspicioso”.

E depois de saudar cada um dos homenageados, comparando-os a heróis, encerrou dizendo: “Gosto dos heróis, neles podemos nos espelhar buscando as qualidades e as características do homem novo, que pode ser a base de um novo mundo. Heróis não são perfeitos, são homens e mulheres que superaram obstáculos físicos, históricos, políticos, geográficos sem abrir mão de seus valores, de suas crenças. Nesta tarde paulistana roguemos a Anchieta, para que nos auxilie na formação de muitos heróis, a exemplo destes que hoje homenageamos, pois a contemporaneidade nos exige muita coragem, fé, hombridade, prudência, dignidade e modéstia para que São Paulo e o Brasil sejam alimentados pelas energias do civismo e da cidadania”.

CONFIRA AS FOTOS DO EVENTO NO FACEBOOK DA ACSP.