20 de abril de 2017

Bruno Covas, prefeito em exercício, junto com os prefeitos regionais participam de reunião na ACSP sobre licenciamento de atividades

A Associação Comercial de São Paulo (ACSP) recebeu nesta quarta-feira (19/04) em sua sede, no centro da capital paulista, o prefeito em exercício de São Paulo, Bruno Covas, o secretário-adjunto das Prefeituras Regionais, Fábio Lepique, o secretário da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato, e 31 dos 32 prefeitos regionais.

A reunião-almoço, organizada pelo Conselho de Política Urbana (CPU/ACSP), proporcionou o encontro e a aproximação dos 15 superintendentes das Sedes Distritais da ACSP com os prefeitos regionais de suas respectivas áreas.

Cada mesa do almoço comportou um superintendente e um prefeito regional, o que foi oportunidade de interação, integração, troca de informação e esclarecimento de dúvidas. As 15 distritais atualizam os associados no que é mais relevante para seus negócios e também lutam por soluções para os problemas de cada região.

REGULARIZAÇÃO JÁ

O prefeito em exercício – que também é secretário das Prefeituras Regionais – disse que o objetivo do encontro foi “buscar parcerias para todas as regiões da cidade e melhorar a qualidade do serviço prestado à população”.

A nova Lei de Zoneamento esteve na pauta. “Por meio do nosso Conselho de Política Urbana, participamos ativamente da revisão de legislações municipais que têm total interferência no empreendedorismo, como o Plano Diretor e a Lei de Zoneamento”, afirmou Antonio Carlos Pela, vice-presidente da ACSP e coordenador do CPU/ACSP.

Ele explicou que as novas leis contêm diversas conquistas e demandas da ACSP, como a facilitação para obtenção de Licença de Funcionamento, principalmente para as atividades de baixo risco (como salão de cabeleireiro, pet shop, cantina e boa parte do comércio). Isso ajudará a acabar com o problema da irregularidade de imóveis comerciais – estima-se que 80% estejam hoje em situação irregular na capital.

Iniciativa - pioneira - da ACSP para enfrentar o desafio da regularização é o ACFormaliza, serviço que estuda a viabilidade do negócio e protocola a Licença de Funcionamento para os associados. A novidade beneficia principalmente os micro e pequenos negócios, que têm mais dificuldade de acesso a engenheiros e arquitetos que realizem a intermediação junto à Prefeitura para a obtenção da licença. “A ACSP está ajudando seus associados na obtenção da licença, uma vez que a maior parte das empresas, que antes não conseguiam obtê-la, agora conseguirão”, comemorou Pela.
No mês que vem, a Prefeitura lançará o Empreenda Fácil, que permitirá a abertura de empresas em poucos dias, vinculando a possibilidade de obtenção da Licença de Funcionamento dos novos negócios. Aproveite e conheça o serviço de obtenção da licença, aqui

BAR LEGAL

Bruno Covas adiantou que a Prefeitura está criando o programa “Bar Legal”, que dará preferência a estabelecimentos que vendem bebidas alcoólicas na concessão de alvarás e licenças de funcionamento. Em troca, os bares terão de respeitar a legislação que exige o encerramento de atividades à 1 hora da manhã.

De acordo com Fábio Lepique, a portaria que vai implantar o “Bar Legal” está pronta e deve ser assinada pelo prefeito João Doria na próxima semana ou, no mais tardar, na seguinte. “Nossa finalidade é permitir que o bar consiga sua licença de funcionamento e, ao mesmo tempo, os proprietários topem e se organizam no plano de poluição sonora da lei da 1h”, disse o adjunto, citando ainda que o programa pretende “criar um pacto de boa relação entre a Prefeitura de São Paulo e os donos de estabelecimentos comerciais que vendem bebida alcoólica”.

Covas também anunciou que irá descentralizar a fiscalização do Programa de Silêncio Urbano (PSIU) para todas as prefeituras regionais. “Com a descentralização do PSIU, o que hoje somente 13 pessoas podem fazer na cidade, 304 vão poder fazer”, disse, em referência ao número de fiscais.
Veja fotos do evento na fan page da ACSP.
 

PARA FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES DE
LICENÇA DE FUNCIONAMENTO, CADASTRE-SE AQUI:

E-MAIL: